Ambigramas: um mundo equivalente

Ambigramas são palavras, frases ou até mesmo textos que podem ser lidos tanto na posição normal quanto na posição por defeito, ou seja, de "cabeça para baixo".

Jardim futurista

Plantas em meio a curvas modernas, árvores por dentro de uma estrutura acima de suas raízes, flores se misturando com esculturas... Seja bem-vindo ao futuro.

Direitos e deveres de um nerd

Nós, nerds, temos nossos direitos e deveres. Sim, nós somos privilegiados com os artigos que constam na Declaração Universal dos Direitos dos Nerds.

Se você é normal, já fez isso.

Uma lista de coisa que você certamente já fez. Sério, você já fez.

Arte com remédios

Uma overdose de imagens feitas com pílulas, remédios, seja lá o que for!

24 de mar de 2010

Desenho: Rockeiro \o/ - By TarikBP (Wooow!)


Como vocês já viram aqui, o Rock'n Roll surgiu nos EUA, uma coisa que nós contamos bem na nossa Seleção de músicas de Rock. O desenho no estilo pintura bloqueada ficou legal, não?

23 de mar de 2010

Koenigsegg Agera

No 2010 Geneva Motor Show, Koenigsegg apresentou o Agera, um supercarro que celebra o 15 º aniversário da empresa sueca. É uma evolução do CCX com um motor 4,7 V8 com 910 cv e um chassi híbrido, em fibra de carbono / estrutura de alumínio.


O Agera, apresentado pela sueca Koenigsegg no 2010 Geneva Motor Show, é a evolução mais recente de série da empresa quanto a um modelo supercarro, começando com o Koenigsegg CC 15 anos atrás.
O foco ao desenvolver o Agera era maximizar a experiência de condução, velocidade em curva, frenagem e adaptabilidade, diz Christian von Koenigsegg.

Novos elementos de estilo são as luzes traseiras, que substituem as unidades circulares do CCX/CCXR, a utilização de unidades de LED, os spoilers dianteiro e traseiro e um interior moderno de alta tecnologia.

O carro é alimentado por um twin-turbo 4,7 litros V8 - uma evolução da unidade que equipa o CCX - que desenvolve 910 cv e 1100 Nm de torque a 5.100 rpm, com mais de 1000 Nm de binário disponível a partir de 2680 a 6100 rpm.

A aceleração de 0-100 km / h é conquistada em 3,1 segundos e possui velocidade máxima superior a 390 km / h. Entre os destaques técnicos estão a estrutura híbrida de fibra de carbono / alumínio - o que ajuda na redução do peso total de apenas 1,290 kg -, um sistema mais rápido de controle de tração, um sistema ABS ajustável, 392x36 e 380x34, e discos perfurados de cerâmica ventilados.

O interior completamente novo, tem um sistema de iluminação inovador chamado Ghost Light (Luz Fantasma), onde a iluminação brilha através dos botões de alumínio billet e superfícies por meio de nanotubos invisíveis, criando uma excelente visibilidade dos símbolos, bem como um aspecto muito limpo e elegante, tudo emoldurado por um novo console em fibra de carbono e montagem de túnel.

O motorista pode facilmente selecionar as informações que ele quer exibir na frente dele, usando a informação multi-cluster combinada com a exibição atualizada.
O Agera será produzido no exterior em 16-20 unidades por ano, em paralelo com modelos CCX e CCXR.




(Fonte: CarBodyDesign)

21 de mar de 2010

Nos desculpem, por favor...

Muitos acessantes desse blog com certeza se perguntaram o porquê dele não estar atualizado com frequência. Eu sei: como ele é um blog que trata de todo e qualquer assunto deve estar sempre atualizado. O problema é que a internet não ajuda em nada e só funciona bem das 00:00 h às 9:00h...
Além do mais, nós estamos trabalhando em novos projetos, como o nosso mangá, Acirus, novos designs automotivos e até estamos pensando em uma pequena promoção =D. Mais uma vez pedimos desculpas pelo incoveniente e esperamos que isso não volte a se repetir.

JonDTM & TarikBP

7 de mar de 2010

Pena de morte: solução ou problema?


     Comparado com décadas atrás, o nosso mundo está totalmente contrastado e avançado: temos ótima tecnologia, várias descobertas, respostas para muitas questões e, infelizmente, excessiva violência. O papel de cadeias e presídios de segurança máxima já é antiga, porém há um método ainda mais polêmico nessa história: a pena de morte. Essa condenação não gera polêmica apenas pela brutalidade, mas também porque ela tem a chance de ser aplicada por engano a inocentes.


     A pena de morte é empregada em diversos países como Estados Unidos, Arábia Saudita, Irã, Iraque e outros; porém é um caso de extrema avalição quando nos referimos ao Brasil. No Brasil esse método ainda não é empregado mas vários movimentos, ONGs, palestras e muito mais apoiam que os culpados por homicídios e outros crimes recebam uma morte merecida. Lá fora, ela é aplicada principalmente para não superlotar as cadeias e impedir que assassinos brutais voltem a cometer crimes depois de soltos. A polêmica não está apenas no fato de que mais uma pessoa vai morrer, mas sim nos enganos que a polícia comete. O número de inocentes que estão nas cadeias é enorme e, se fosse aplicada a pena de morte, o culpado estaria solto e indiretamente mataria mais um cidadão de bem, um fato que, infelizmente, ocorre bastante nos países que fazem uso desse método.


     Os tipos de pena de morte são muitos, com destaque para a injeção letal, a cadeira elétrica, o enforcamento, o fuzilamento, o apedrejamento e muitos outros que são ou foram usados em tempos remotos. Esse tipo de penalidade não é coisa nova, aliás, é algo bem antigo. O código de Hamurabi era utilizado nos tempos da Mesopotâmia e tinha como tema: "Olho por olho, dente por dente". Isso quer dizer que cada crime ou infração cometida seria compensada com uma ação contra o(a) criminoso(a) com um valor igual ou parecido, isto é, se o infrator matasse alguém, por exemplo, ele também seria morto. A pena de morte também é citada na Bíblia várias vezes, mas tendo um destaque maior para o apedrejamento de uma prostituta que Jesus acabou interrompendo. A Igreja Católica nos tempos medievais possuía a Inquisição, onde qualquer um que contestasse as afirmações religiosas ou científicas da Igreja ou que praticasse atos considerados na época de bruxaria seria lançado numa fogueira ou teria outra pena de morte.


     Nenhum homem é Deus para decidir quem vive e quem morre. Deixar vivo e permitir que um assassino coloque em risco a vida de outros é assustador, mas tirar a vida do mesmo é tão mosntruoso quanto o crime que ele cometeu. A pena de morte ainda não foi posta em questão para entrar em vigor no Brasil porque são vários processos e documentos nacionais e internacionais que devem ser analisados, além de que a população provavelmente causaria tumulto na primeira morte acidental que ocoresse. É por isso que o nosso país adota um sistema que não é infalível, porém é mais humano: uma segunda chance para os acusados.

5 de mar de 2010

Audi RS7 Concept


O Audi RS7 Concept é um estudo de design de um carro esportivo que adota e combina várias sugestões de denominação dos modelos do grupo Audi: o R8 de inspiração principal, a extremidade traseira do Lamborghini e portas tesoura, marca registrada. O autor é o austríaco Adriano Mudri.

O Audi RS7 é um estudo de design criado pelo designer austríaco Adriano Mudri. A vista lateral é inspirado no design do R8 e o supercarro da Audi tem uma seção traseira - onde está localizado o motor - em uma cor contrastante. 


Alguns detalhes do motor emergem na superfície do capô para que as diferentes configurações de motorização sejam visíveis no exterior. 


O design exterior também tem algumas várias luminosas lembranças da VW / Audi Group: a extremidade dianteira e a linha de caráter descendente do lado quee lembram os mais recentes modelos Seat esportivos, enquanto as portas tesoura são uma marca de carros esportivos Lamborghini.


O recurso ConceptAnother distintivo é o sistema de iluminação que adotam faróis e luzes traseiras, que sublinham as possibilidades da tecnologia LED - outra sugestão estilo típico da Audi. 


Sobre o Designer:
Adriano Mudri tem um diploma de Design Industrial da Universidade de Ciências Aplicadas - Graz, Áustria. Entre suas experiências profissionais são um período de 10 meses a Magna Steyr como designer de exterior.

4 de mar de 2010

Preview - GDT Lightness

Revelada uma única imagem de previsualização do esportivo Lightness, nome que, em tradução literal, significa "Ligeireza", "Agilidade". O "filho" ainda continua sem nenhuma marca "mãe", porém sua beleza independe de qual marca ele será.

O modelo em questão é uma criação de nós do Guepard Design Team, levando a sério o termo DESIGN presente no nome. A imagem mostra inovações que virão junto com o resto das imagens do Lightness, um trabalho esforçado e bem pensado.

3 de mar de 2010

241543903: O que é isso ?.?


Passeando pela internet um número chamou etenção: 241543903. Curioso fui pesquisar isso no Goggle e o que eu achei? Um monte de loucos com a cabeça enfiada no congelador. Essa ideia bizarra foi criada pelo artista californiano David Horvitz, que publicou a primeira foto no Flickr no dia 9 de abril. No dia seguinte, Horvitz divulgou o "manifesto" em seu blog: "Tire uma foto de sua cabeça dentro do freezer. Publique a foto na internet. Marque o arquivo com o número 24154903. A ideia é que se você procurar por essa etiqueta críptica, todas as fotos de cabeças no freezer vão aparecer. Eu acabei de publicar uma".


A foto acima foi a primeira de todas, o que levou seguidores de maluquices a fazer isso também. se você digitar o número "241543903" no images.google.com.br vai encontrar fotos parecidas com essa aí. O legal é participar e se divertir", explica Horvitz, o criador do "24154903", em seu blog.  A loucura rendeu um site oficial, páginas no Twitter, Flickr, Facebook e outras redes de relacionamento, se tornando uma febre total, apesar da doidice.


Nós estamos fazendo de tudo para descobrir o que é esse número, mas parece que realmente é só mais um monte de algarismos sem sentido, objetivo e juízo nenhum... 


ATENÇÃO: COMUNICADO AOS BLOGUEIROS QUE ACESSAM O GDT

Vocês nos desculpem por não estarmos atualizando muito o blog, mas o problema não é a falta de assuntos ou de criatividade (coisas que, aliás, temos de sobra), mas sim a conexão da internet. Discretamente falando, posso dizer que ela só funciona das 10h da noite até as 9:30 da manhã, impossibilizando qualquer atualização urgente. De qualquer maneira estaremos tentando atualizar esse blog o mais frequente possível. Um abraço e até mais.
JonDTM e TarikBP

1 de mar de 2010

Você já questionou isso?

Quando crianças, nos perguntamos sobre tudo: sobre a casa, os carros a cidade e etc. Mas você já se pegou numa pergunta sobre algo bem simples, mas que pode ter uma resposta bem complicada? A pergunta em questão é:

Por que a borda de copos e xícaras é redonda?


A resposta é bem simples: para manter a praticidade. Com as bordas redondas nós podemos colocar a boca em qualquer ponto do copo, independente do ângulo em que ele está. Além do mais, se a borda fosse, por exemplo, quadrada, os vértices iriam incomodar muito e, em casos extremos, acabariam nos machucando. 


Bem pensado, não? Apenas para mostrar como coisas incrivelmente simples podem se tornar incrivelmente complicadas :-)

Links Ociosos

Colmeia Exchange

Compartilhe

Twitter Facebook Google+ LinkedIn RSS Feed Email Favoritos Mais...

Receba notícias por e-mail

Digite seu e-mail: